Determinação do Limiar Anaeróbio Por Dois Ajustes Matemáticos em Teste Específico Para Canoagem Slalom

Por: Denis Roberto Terezani, Fúlvia de Barros Machado-gobatto, Homero Gustavo Ferrari, Leonardo Henrique Dalcheco Messias, Marcelo de Castro Cesar e Nathália Arnosti Vieira.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.36 - n.1 - 2014

Send to Kindle


Resumo

O estudo objetivou propor um teste específico para identificar o limiar anaeróbio (Lan) em atletas de canoagem slalom. O Lan foi determinado por teste progressivo até a exaustão nas velocidades de 5,6,7,8,9 e 9,5km/h, realizado em lagoa onde comumente eram realizados os treinos. O Lan foi obtido por dois métodos matemáticos: inspeção visual e bissegmenta- ção da curva lactacidêmica (LanBI), e utilização das concentrações fixas de lactato 4mM e 2,5mM (LanOBLA). O LanBI e LanOBLA foram analisados por Anova One-Way e correlação de Pearson (p<0,05). O LanBI foi obtido em 6,98 ± 0,16 km/h, a 2,53±0,25mM, e o Lan OBLA 4,0 ocorreu em 7,80±0,21km/h, superestimando em 11,5% o LanBI.. Desse modo, é possível determinar o Lan por teste específico para canoístas e, se adotado o OBLA, a concentração 2,5mM parece ser mais adequada à modalidade.

Endereço: http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/view/1438

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.