Dia Escolar Paraolimpico: Uma Proposta de Divulgação do Mundo Paraolímpico

Por: Maria Helena Candelori Vidal.

II Congresso Paraolímpico Brasileiro

Send to Kindle


Resumo

O desenvolvimento do esporte paraolímpico brasileiro nas últimas décadas é inquestionável. Nos últimos três ciclos paraolímpicos o Brasil saiu de uma 24ª posição no ranking mundial para ocupar nas últimas paraolimpíadas de Pequim a 9ª posição; isso coloca o esporte paraolímpico brasileiro, decisivamente como uma das maiores potência do mundo, consolidando de forma concreta o movimento no nosso país e ao mesmo tempo deflagrando um momento de profundas transformações na busca de um projeto maior e mais auspicioso onde conceitos, estratégias técnicas e políticas terão que ser adotadas para dar continuidade ao crescimento e confirmando sua posição de potência esportiva paraolímpica no cenário internacional.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.