Diálogo Entre Alunos e Professores: Como (re)ver os Espaços Lúdicos Escolares?

Por: Aline Tschoke, Lorena Lourdes Paoloni, Mariana Maranho, Pedro Vinícius Brauza Ramos, Rafael Gonçalves da Luz, , Talita Stresser de Assis, Thaís Gomes Tardivo e Vanessa Mathias Friedrichsen.

XVI Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

Esse trabalho tematiza os espaços lúdicos inseridos no ambiente escolar. Busca-se responder quais são as características percebidas na organização dos espaços lúdicos escolares e até que ponto essa organização “estrutural” favorece diversificadas formas de apropriação, na visão de alunos e professores de uma escola pública localizada em Curitiba- Paraná. A metodologia utilizada baseia-se na análise cultural proposta por Geertz. Conclui-se que os espaços analisados possuem uma manutenção deficitária, fato que limita na perspectiva dos professores algumas formas de apropriação em detrimento da segurança, porém questões essas superadas segundo os alunos pela vontade de brincar.

Endereço: http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2009/XVI/paper/view/1231

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.