Diálogos com Thomas Csordas: o Paradigma da Corporeidade na Educação Física

Por: Dulce Maria Filgueira de Almeida, Ingrid Dittrich Wiggers e Thais de Queiroz e Silva.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.24 - n.2 - 2016

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho busca dialogar com a proposta de paradigma da corporeidade, desenhada por Thomas Csordas, e o campo da Educação Física. O autor pode ser lido em português, através da obra: Corpo/Significado/Cura1. Nela está exposta a pesquisa, na qual o autor realiza um constructo para um paradigma da corporeidade como método de compreensão dos rituais de cura das religiões carismática católica norte-americana e navajo indígena. Utilizando aportes teórico-metodológicos de Merleau-Ponty e Bourdieu, o constructo propõe o entendimento do ser humano e suas interações sociais, a partir do mais intrínseco que há nele, ou seja, sua corporeidade. Csordas problematiza e ressalta uma concepção fenomenológica de corpo, que resulta em um paradigma e uma metodologia da corporeidade. O autor delineia referencial teórico-metodológico significativo para a Educação Física.

Endereço: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/5932

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.