Diferenças de Ansiedade-traço Entre árbitros Esportivos e Não-árbitros.

Por: Félix Guillén e Maurício Bara Filho.

X Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Os estudos sobre ansiedade constituemse num dos temas de pesquisa mais investigados na psicologia do esporte. A ansiedade-traço é a parte da personalidade do indivíduo que possui uma predisposição para perceber certas situações como ameaçadoras ou não, e para responder a isto com aumento ou não da ansiedade-estado. A profissão de árbitro desportivo pode ser considerada uma das mais estressantes dentro do meio, estando o árbitro sujeito a pressões de desportistas, mídia, treinadores, dirigentes entre outros. E por isso se pergunta se esses indivíduos são diferentes dos demais, como suportam tanta pressão e como continuam a exercer tal atividade. Será que existem características únicas entre os árbitros? O objetivo do presente estudo é avaliar o grau de diferença de ansiedade-traço entre árbitros desportistas de diferentes modalidades e indivíduos não árbitros.

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.