Dimensões Ideológicas do Debate Público Acerca da Violência no Futebol Brasileiro

Por: Felipe Tavares Paes Lopes.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.27 - n.4 - 2013

Send to Kindle


Resumo

Este estudo objetivou responder a seguinte indagação: em que medida e como os discursos enunciados no atual debate público sobre a violência no futebol brasileiro acerca do torcedor vinculado a atos violentos podem ser considerados ideológicos, estabelecendo e sustentando relações de dominação? Para responder a esta questão, o conceito de ideologia de John B. Thompson foi adotado, bem como a sua proposta metodológica: a hermenêutica de profundidade. Seguindo a estrutura tradicional dessa metodologia, o trabalho foi estruturado em três partes interdependentes: num primeiro momento, o contexto sócio-histórico do debate em questão foi analisado. Em seguida, sua estrutura formal ou discursiva. E, em um terceiro momento, essa estrutura foi interpretada à luz do contexto sócio-histórico. Com base na análise realizada, é possível concluir que o referido debate adota uma narrativa que estigmatiza os torcedores vinculados a atos violentos e que essa narrativa atinge diretamente os torcedores organizados, mantendo-os em uma situação de dominação.

Endereço: http://www.revistas.usp.br/rbefe/article/view/77914/81882

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.