Dinâmica Curricular no Cotidiano da Educação Infantil: Um Olhar a Partir das Práticas Pedagógicas com a Educação Física

Por: Vanessa Guimarães.

2018 05/07/2018

Send to Kindle


Resumo

O objetivo geral deste estudo é identificar e analisar, por meio das práticas pedagógicas empreendidas com a Educação Física, as tensões, desafios, aproximações e distanciamentos da dinâmica curricular vivida no cotidiano de uma instituição de Educação Infantil com as prescrições curriculares nacionais e locais para esta etapa da Educação Básica. Os objetivos específicos são: 1) Evidenciar e fomentar os diferentes modos de considerar o protagonismo e as experiências das crianças nos processos de produção curricular. 2) Empreender e potencializar as relações colaborativas nos processos formativos dos sujeitos envolvidos na dinâmica curricular do CMEI. 3) Identificar desafios e possibilidades de interlocução entre os diferentes sujeitos e linguagens que compõem o cotidiano do CMEI; Para alcançar os objetivos propostos utilizamos a Pesquisa-Ação Colaborativa, pelo seu caráter propositivo e transformador, de modo que, prática e reflexão, pesquisa e formação se retroalimentem, permitindo um processo de reconfiguração da prática pedagógica. Na produção de dados, utilizamos os seguintes procedimentos: a) Observação participante, com registro em diário de campo; b) Entrevistas semiestruturadas com os adultos; c) enunciações; d) Narrativas orais e textuais; e) Imagens: fotos, vídeos e charge; f) Áudios: gravação de voz; g) Desenhos das crianças; h) Redes Sociais. O processo de discussão e análise dos dados parte da narrativa das experiências vividas com a Educação Física, na ordem cronológica dos fatos ocorridos no CMEI e faz interlocução com os pressupostos teóricos e com o currículo prescrito que fundamentam esta dissertação, triangulando os dados de modo que, as etapas da espiral: ação, observação, reflexão e nova ação, estão integradas. Direcionando o foco às práticas pedagógicas, mostramos um repertório de possibilidades de experiências de aprendizagens como potencialidade em meio aos desafios e tensões, convidando a todos a ocuparmos esse lugar para brincar, que não é fixo como um mapa, mas fluido como um percurso. Os dados analisados apontam a transformação de uma dinâmica curricular com práticas isoladas para um processo formativo de entendimento e valorização de práticas pedagógicas integradas. Foi no exercício cotidiano de reconhecer a criança como centralidade nos processos curriculares, que a Educação Física do CMEI Ana Maria Chaves Colares apostou nas relações colaborativas intra e interinstitucionais de formação docente inicial e continuada com os diferentes sujeitos, bem como exerceu o papel de mediação para materializar um currículo em rede na Educação Infantil.

Endereço: http://repositorio.ufes.br/jspui/handle/10/10532

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.