Diretrizes Curriculares Nacionais Para os Cursos de Educação Física: Fronteiras Entre Orientações e Aprisionamentos Legais

Por: Fabíola Borel Marques e Zenólia Campos Figueiredo.

XVIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e V Conice - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

Investiga como um currículo prescrito de formação de professores de educação física interpreta as diretrizes curriculares nacionais. Analisa o currículo de uma instituição pública, focando: conhecimento profissional; desenvolvimento da autonomia; disciplinaridade e interdisciplinaridade; formação comum e específica; conhecimentos ensinados; conhecimentos filosóficos, educacionais e pedagógicos; teoria e prática; carga horária dos cursos. Conclui que há potenciais orientações: docência como base da formação; flexibilização da organização curricular; ampliação de carga horária nos estágios supervisionados e prática de ensino. Há potenciais aprisionamentos: noção linear de competência; indicação metodológica de que a aprendizagem deverá ser orientada pela “ação-reflexão-ação.”

Endereço: http://cbce.tempsite.ws/congressos/index.php/conbrace2013/5conice/paper/view/5052

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.