Discriminação de Gênero em Aulas de Educação Física do Ensino Médio

Por: Daniel Cantanhede Behmoiras e Ingrid Dittrich Wiggers.

XVIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e V Conice - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

O presente trabalho tem como objetivo analisar de que forma o esporte vem sendo abordado no ambiente escolar, particularmente em duas escolas públicas de Ensino Médio, situadas no Distrito Federal. No âmbito desse serão evidenciados aspectos referentes ao tratamento entre os gêneros observados em aulas de Educação Física, especificamente em atividades esportivas, pois esse tema assumiu uma posição central na análise do conjunto dos dados produzidos em campo.
A diferença no tratamento de gênero tem uma repercussão que extrapola o ambiente escolar, considerando-se casos mais graves de violência contra a mulher. Dados divulgados no Mapa da Violência (2012) expõem o crescimento da taxa de homicídios. Em 2010, por exemplo, foram registrados 4.465 assassinatos, o que representou aumento de 20%, comparando-se ao ano 2007, e de 230% em relação ao ano 2000. Essa situação social é de extrema relevância e cabe ser analisada no âmbito escolar. Da mesma forma, faz-se necessário problematizar a diferenciação de gênero como parte de aulas de Educação Física, buscando-se uma conscientização e transformação de atitudes.

Endereço: http://cbce.tempsite.ws/congressos/index.php/conbrace2013/5conice/paper/view/5274

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.