Discurso de Posse na Diretoria do DED-MEC no dia 12 de Maio de 1967 . Arthur Costa Ferreira

Por: Arthur Orlando da Costa Ferreira.
Send to Kindle


Resumo

DISCURSO DO CEL. ARTHUR ORLANDO DA COSTA FERREIRA NO DIA 12 de MAIO DE 1967

Exmo. Sr. Ministro
Exmas Senhoras
Meus Senhores

1. Entendeu V.Exia. que eu poderia colaborar - no setor de minha especialildade - na obra da EDUCAÇÃO, que V.Exa. se dispõe a realizar, baseada em um planejamento racional e objetivo, e que pretende dinamizara de acôrdo com as diretrizes do Presidente COSTA E SILVA, segundo as quais o homem é o ponto chave para a conquista do Brasil, dos ideais da Revolução de 31 de março de 1964.

2. Os principais accessos para se chegar ao homem são e saúde e a educação, escaradas no seu aspecto global.
Qual, então o setor mais próprio a contribuir, a um só tempo, para a saúde e para a educação do que a prática da Educação Física?

3. A Educação Física integra a educação humana geral, porque atinge o homem no seu todo uno e indivisível de corpo e espírito. Influencia seu comportamento social, porque, além de desenvolver e aperfeiçoar a estrutura física e as grandes funções fisiológicas, aprimora as qualidades psíquicas e morais, tôdas, afinal, compponentes da personalidade.

4. Creio, ppois, que a maneira mais suasória de o govêrno cumprir o seu dever, nesta área, é oferecer os meios e condições indispensáveis para a prática das atividades gimno-desportivas em proporções adequadas a cada grupo.

5. Eis por que, meus senhores, honrado com a convocação do Ministro tarso Dutra, assumo, neste momento, a direção da Divisão de Educação Física do Ministério da Educação e Cultura, inteiramente consciente do dever  que a função impõe: EXERCÊ-LA em sua plenitude.

6. E EXERCER A FUNÇÃO dêsse modo eu entendo como seja a dar de mim e de meus auxiliares todo o esfôrço popssível, para ajudar, em minhas atribuições, na concretização do magnífico empreendimento do atual Presiente da República: a melhoria da educação do povo brasileiro.

7. Exercê-la-ei se procurar sempre acertar, mas souber penitenciar-me dos erros cometidos, se souber discordar, antes da decisão dos cefes, mas acatá-la e depois por ela trabalhar, quando para o bem comum; se puder congregar, reunir, somar esforços; aceitar idéias novas e, sem vaidades, adotar soluções anteriores, prosseguindo no trabalho planejado por meus antecessores. E não são outros os meus propósitos.
 
8.  Muito há que fazer.

- A legislação específica nos parece bastante, cabendo, apenas, simplificá-la onde fôr o caso e depois fazê-la cumprir.

- Os jovens, principalmente os universitários, dão mostras de energia física e mental, a reclamar aplicação na Educação Física e nos desportos. De modo geral, têm desenvolvimento físico inarmônico e precário, o que concorre para inabilitá-los em muitas atividades. Segundo estatística do Ministério do Exército, no ano de 1964, dos 107.422 convocados para o serviço militar, 76,81% foram considerados incapazes. Urge, portanto, cuidar de sua educação integral, a começar pelas escolas primárias, quando a maleabilidade do organismo está no auge, para lhe dar a formação desejada.

- O estudo e a pesquisa são sempre carentes de maior ativação, como incentivo mesmo à busca de soluções para casos especiais impostos pela evolução da humanidade.

- A criação da mentallidade nacional de Educação Física é indispensável e poderá sser conseguida, a meu ver, por meio da difusão da técnica atualizada e da prática desportivo - recrerativa, associadas à propaganda orientada.

- A fixação de metas particulares, a setrem atingidas em obediência a um sistema integrado, isto é, por meio de correspondência e complementação de esforços e recursos, poderia ser a base de uma Plítica Macional de Educação Física.

9. Assim entendo a minha missão, Senhor Ministro e meus senhores. No sentido de cumprí-la com eficiência, pretendo trabalhar como todo empenho, esperando, al´´as, contar - e disso estou certo - com a ajuda de todos.

Finalmente, posso assegurar-lhes que a Divisão de Educação Física estará sempre aberta à colaboração de todos, principalmente dos senhores representantes da elite desportiva brasileira e que me honram com a presença neste ato

Muito obrigado

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.