Distribuição da Pressão Plantar em Idosos Após Intervenção Proprioceptiva

Por: Fábio Marcon Alfieri.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.10 - n.2 - 2008

Send to Kindle


Resumo

Introdução: Alterações decorrentes do envelhecimento limitam a percepção cutâneo-plantar, interferindo no controle postural. Objetivo: O objetivo deste trabalho foi de verificar os efeitos de um programa regular de intervenção proprioceptiva sobre a distribuição da pressão plantar em idosos. Método: Avaliou-se a distribuição da pressão plantar em 29 indivíduos (63,06 ±2,84 anos) em apoio bipodal com olhos abertos (BA) e fechados (BF). Após avaliação baropodométrica, iniciou-se intervenção proprioceptiva (3 sessões semanais de 1 hora) durante 3 meses. Resultados: No apoio BA, os indivíduos apresentaram valor médio de 0,29±0,044 Kg/cm² no pé direito e de 0,31± 0,04 Kg/cm² no pé esquerdo pré-intervenção, passando para 0,28±0,04 Kg/cm² e 0,30± 0,04 Kg/cm² após a intervenção, respectivamente. No apoio BF, os voluntários apresentaram 0,30±0,044 Kg/cm²no pé direito e 0,31±0,05 Kg/cm² no pé esquerdo antes da intervenção, e 0,28±0,04 Kg/cm² e 0,29±0,049 Kg/cm² após a intervenção respectivamente. A Manova revelou diferença significativa para a pressão de contato entre as condições pré e pós-intervenção. Conclusões: A intervenção aplicada pôde diminuir a pressão plantar dos indivíduos, porém não foi capaz de melhorar a distribuição da pressão plantar entre os pés direito e esquerdo.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2008v10n2p137

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.