Distribuição e Produção Científica dos Grupos dos Grupos de Pesquisa em Endocrinologia e Metabologia do Exercício

Por: Alynne Cristian Ribeiro Andaki, Edmar Lacerda Mendes, Juliano Magalhães Guedes e Rafael Frata Cândido.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.21 - n.4 - 2013

Send to Kindle


Resumo

Objetivo: Realizar levantamento nacional da distribuição geográfica e produção científica de Grupos de Pesquisa em Endocrinologia e Metabolismo do Exercício (GPEME). Materiais e Métodos: Realizou-se busca sistemática no banco de dados do Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq pelo número de GPEME e pela produção científica do(s) seu(s) líder(es) no período de julho a agosto de 2012. Resultados: A região Sudeste apresentou maior concentração (70,2 %; n = 33) dos GPEME, seguida das regiões Sul e Nordeste, ambas com 10,6 % (n= 5) e da região Centro-Oeste (8,6 %; n = 4). Não houve grupos atuantes na região Norte. Os GPEME encontrados na região Sudeste concentram 77,4 % (n = 3253) da produção científica nacional. Conclusão: Discrepâncias foram encontradas tanto na distribuição geográfica quanto na produção científica dos GPEME no Brasil, concentradas entre as regiões Sudeste e Sul e escassas no Norte.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/3931

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.