Do Direito Ao Lazer: o Princípio Acesso no Programa Esporte na Comunidade (Fortaleza-ce)

Por: Ana Amélia Neri Oliveira, Dulce Maria Filgueira de Almeida Suassuna e Nicolino Trompieri Filho.

Licere - v.16 - n.4 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O artigo tem por finalidade analisar a repercussão do princípio acesso no Programa Esporte na Comunidade. Para tanto, são utilizadas como referências as diretrizes desta política e a percepção dos gestores e atores sociais envolvidos nas comunidades, considerando a interlocução do governo municipal com o governo federal demarcada pela Política Nacional do Esporte. A análise se pautou no cruzamento das falas dos sujeitos (gestores, professores, lideranças comunitárias, pais e participantes) obtidas por meio de entrevista com as informações descritivas nos documentos Projeto Esporte na Comunidade (2007) e Política Nacional do Esporte (BRASIL, 2005) à luz do quadro teórico construído. Pode-se inferir que o acesso ao programa é limitado ao se observar: o formato de constituição dos núcleos em seu primeiro período de vigência, a quantidade insuficiente de material para suprimir a demanda dos núcleos, o orçamento insuficiente para assistência a um maior número de comunidades e a falta de estabilidade dos núcleos. 
 

Endereço: http://www.anima.eefd.ufrj.br/licere/sumario.html?ed=38

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.