Send to Kindle


Resumo

O Brasil confecciona muitas teias, produzindo uma grande dinâmica cultural. Apesar
da enorme diversidade cultural, sempre somos lembrados como o país do samba e
do futebol. O futebol, como espetáculo consumido no tempo livre, transforma a
vida dos brasileiros. É pressuposto que este fenômeno passe ao resto do mundo
essa imagem de povo brasileiro, porque expressa um componente importante de
nossa cultura. Mas como o futebol poderia expressar a cultura do povo brasileiro, se
ele nem mesmo é uma invenção legítima desta terra? Por meio do futebol a sociedade
se expressa, ou seja, o povo extravasa suas características emocionais profundas
(DAOLIO, 2003). Portanto, se tudo isso acontece é por que o futebol possui um
significado diferente para a sociedade brasileira. Método: Revisão bibliográfica.
Resultados:A análise de seu início e como a figura-mito de Charles Miller tornou-se
o ícone do responsável pela introdução do futebol no país, foi de suma importância
para entender todo o processo de popularização desse esporte no Brasil e como
passou a compor o "habitus" brasileiro. A partir da teoria de Elias procuramos
situar como uma atividade de lazer tornou-se um esporte nacional e entender de
que forma o futebol é significado pelo povo brasileiro. Conclusões: O futebol foi
incorporado à teia de significados do povo brasileiro e nos tornamos o "País do
Futebol". É exatamente este casamento entre o futebol e o homem brasileiro que
nos faz pensar na importância deste esporte em nossa cultura. Todo o processo de
popularização e envolvimento das pessoas com o futebol não aconteceu de forma
tranqüila. As tensões geradas entre os indivíduos e os grupos, um time ou clube, a
rua e a cidade estão presentes em todo o processo de solidificação do futebol no
Brasil (LUCENA, 2001). O destaque que o futebol possui em nossa sociedade permite
compreender, como as atividades miméticas (ELIAS & DUNNING, 1992) são uma
simulação da vida real por meio de tensões e da excitação agradável.Assim, o futebol
em seu início como uma atividade de lazer preenchia os laços ainda frágeis das
relações entre as pessoas, seria uma atividade mimética na qual as pessoas
encontravam-se em busca de um objetivo comum. O futebol, para alguns continua
a ser passatempo, sua atividade de lazer predileta, para outros tornou-se profissão,
trabalho e dever. Mesmo com a profissionalização do futebol é no espetáculo
esportivo que ainda está presente a ocupação de lazer (ELIAS & DUNNING, 1992)

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/78_Anais_p447.pdf

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.