Do Senso Comum à Ciência: Para o Profissional de Educação Física, Uma Transição Difícil de Ser Completamente Compreendida

Por: Rômulo José Dantas Medeiros.

Conexões - v.6 - n.2 - 2008

Send to Kindle


Resumo

Diante do grande debate já realizado referente às questões epistemológicas da educação física (EF), foi proposto no presente artigo uma diferente forma de análise: refletir e compreender o ponto de vista de um recém formado educador físico acerca da temática “do senso comum a ciência: uma transição possível à EF”. Tal ponto de vista foi desenvolvido textualmente como um “instrumento” de preparação para o processo de seleção do primeiro programa de mestrado em educação física da região norte/nordeste. Posterior a reflexão realizada, conclui-se que a referida transição incita preocupações associadas à valorização do profissional de EF. Essa valorização, por sua vez, precisa ser buscada pelo educador físico, estando esse, necessariamente, consciente de que sua intervenção não pode apresentar um caráter de cientismo, nem de credulidade.

Endereço: http://fefnet178.fef.unicamp.br/ojs/index.php/fef/article/view/319

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.