É Jogando que se Aprende: o Caso do Voleibol

Por: .

Abordagens Pedagógicas do Esporte.

Send to Kindle


Resumo

Este capitulo convida o professor ou tecnico de voleibol a utilziar quadras curtas, estreitas e angulares para que os jogadores inciantes no esporte tenham menos espaco para cobrir facilitando assim o controle de bola e possibilitando o aprendizado atravez de jogos que utilizem numero de jogadores como: 2 contra 2, 3 contra 3 ou 4 contra 4 em cada quadra. O texto tambem se baseia na ideia em que a area de jogo, as regras do jogo, o numero de jogadores e ate o tipo de bola, condicionam e direcionam as possibilidades de aprendizagem e desenvolvimento das abilidades fisicas e conginitivas do esporte. Portanto e’ atravez da modificacao das condicioes acima que o tecnico ou professor podem criar tarefas mais ou menos complexas para seus jgoadores/alunos..

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.