E o Lazer na Construção do Jogo do Saber?? Ninguém Sabe, Ninguém Viu!!!

Por: Débora Alice Machado da Silva e Mário Hiago de Souza.

Licere - v.20 - n.4 - 2017

Send to Kindle


Resumo

A difusão das Escolas de Tempo Integral impõe a reflexão sobre a ampliação da jornada escolar repensando toda a dinâmica do uso dos tempos dos espaços e dos objetivos que lhe são constitutivos. Nesse trabalho analisamos de que maneira a temática do lazer aparece no Projeto Político-Pedagógico (PPP) de escolas de Tempo Integral do Município de Jundiaí-SP, buscando compreender suas implicações para a garantia do direito ao lazer, em sua relação com a educação. Trata-se de uma pesquisa de campo qualitativa realizada por meio da análise do PPP a partir de determinadas categorias. O estudo aponta para necessidade de uma maior reflexão acerca do lazer na construção dos PPPs, tendo em vista sua estreita relação com a vida cultural da sociedade e dos territórios em que as escolas estão situadas, mas do que isso pelo lazer se configurar como uma possibilidade de formação e participação cidadã.

Downloads

Referências

BETTI, M. Educação Física escolar: ensino e pesquisa-ação. Ijuí: Ed. da Unijuí, 2009.

BETTI, M; ZULIANI, LR. Educação Física Escolar: uma proposta de diretrizes pedagógicas. 2002. Disponível em: https://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/remef/article/view/1363/1065. Acesso em: 3 maio 2016.

BRASIL. Estatuto da Criança e do Adolescente. Lei 8069/1990. Brasília, D.F.: Congresso Nacional, 1990. Disponível em: <https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8069.htm>. Acesso em: 8 maio 2016.

______. Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica. Brasília, D.F.: Ministério da Educação, 2013. Disponível em: https://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=15548-dc-n-educacao-basica-nova-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 15 maio 2016.

______. Planejando a próxima década – conhecendo as 20 metas do Plano nacional de Educação. Brasília, D.F.: Ministério da Educação, 2014. Disponível em: https://pne.mec.gov.br/images/pdf/pne_conhecendo_20_metas.pdf Acesso em: 1 jun. 2016.

______. Base Nacional Comum Curricular – Documento Preliminar. Brasília, D.F.: Ministério da Educação, 2015. Disponível em: https://basenacionalcomum.mec.gov.br/documentos/BNCC-APRESENTACAO.pdf Acesso em: 5 jun. 2016.

______. Decreto 7.083 de 27 de jan. de 2010. Brasília, DF, jan. 2017. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/decreto/d7083.htm. Acesso em: 21 mai. 2016.

GADOTTI, M. Educação Integral no Brasil: Inovações em processo. Disponível em: http://acervo.paulofreire.org Acesso em: 17 abr. 2016.

JUNDIAÍ (SP). Secretaria de Educação. Projeto político pedagógico da EMEB João Luiz de Campos. 2015.

______. A escola de tempo integral. Jundiaí, SP, SMEE, 2012. Disponível em: http://saladeimprensa.jundiai.sp.gov.br/PMJSITE/biblio.nsf/V03.01/sme/$file/102.pdf. Acesso em: 22 mar.2016.

______. Diretrizes Curriculares da Educação Básica do Município de Jundiaí (SP). Jundiaí: SMEE, 2016.

MARCELLINO, N.C. A sala de aula como espaço para o “jogo do saber”. In: MORAIS, R. (Org.). Sala de aula: Que espaço é esse? 3. ed. Campinas: Papirus, 1988. p. 59-70.

______. Lazer e Educação. 7. ed. Campinas: Papirus, 2000.

MARCELLINO, N. C. Pedagogia da Animação. 7. ed. Campinas: Papirus, 2005.

RIBEIRO, D. Balanço crítico de uma Experiência Educacional. 1995. Disponível em: <https://teiaufmg.com.br/wp-content/uploads/2014/07/RIBEIRO-D.-CIEPse-GPSBalan%C3%A7o-cr%C3%ADtico-de-uma-experi%C3%AAncia-profissional.pdf>. Acesso em: 18 abr. 2016.

SILVA, C.L.; SILVA, T.P. Lazer e educação física: Textos didáticos para a formação de profissionais do lazer. Campinas: Papirus, 2012.

SILVA, D.A.M. A implementação dos CEIs “Naves-Mãe” no município de Campinas e suas implicações para os direitos das crianças: um novo cavalo de Troia? – Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Educação – PPGE/UNIMEP. Piracicaba, UNIMEP, 2014.

TEIXEIRA, A. Uma experiência de educação primária integral no Brasil. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. Rio de Janeiro, v.38, n.87, jul./set. 1962. p.21-33. Dísponivel em: <https://www.bvanisioteixeira.ufba.br/artigos/uma.html>. Acesso em: 21 maio 2016.

Endereço: https://periodicos.ufmg.br/index.php/licere/article/view/1731

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.