Editorial

Por: Wiliam Saad Abdulnur.

Panathlon Distrito Brasil - n.12 - 2015

Send to Kindle


Chegamos à décima segunda edição da nossa revista trimestral Panathlon Distrito Brasil, três anos de muito trabalho, apertos, alegrias, prêmio internacional e vários elogios e recomendações, ainda precisamos melhorar muito.

O movimento panathlético em todo o mundo atravessa uma fase crítica, pois o voluntariado em época de crise também sofre as consequências do seu entorno. Em nosso país, vislumbramos luzes no fim do túnel, pois, além das nossas reuniões de convívio, tão importantes para ampliar relacionamentos, conquistar novas amizades, fazermos nossos debates e discutirmos o desporto e as atividades físicas de uma maneira geral, estamos buscando novos caminhos, agregando o Social em nossos pilares de sustentação, Amizade, Ação, Cultura e Esporte Ético, acrescentando projetos esportivos, culturais, ambientais e sociais, que vão alavancar as atividades dos clubes Panathlons, aumentando seus eventos e serviços voluntários prestados dentro de sua comunidade.

Alguns projetos já foram elaborados pela jovem guarda do movimento panathlético nacional, como o Mini Atletismo, Mini Basquete, Jogos Escolares, Cursos de Arbitragens, além de outros que estão por sair, como eventos gastronômicos, Provas Pedestres, Capoeira etc, contemplando crianças, jovens, adultos, masters e os menos favorecidos física e mentalmente, procurando a inclusão de todos, visando uma maior visibilidade dos clubes Panathlons, através de ações praticas e eficientes na busca de recursos físicos, humanos e financeiros que aumentem o nosso leque de serviços, mostrando o nosso trabalho em prol das comunidades em que estamos inseridos e naquelas onde novos clubes estão por ser fundados. Temos que dar aos que mais necessitam, um pouco daquilo que nos foi dado de graça, dons e talentos, é a nossa contra partida por tudo aquilo que recebemos das cidades onde vivemos. Está na hora de entrarmos em “bola dividida”, dar a nossa experiência e opinião nos debates existentes em nosso país, como a ética no esporte, a importância da educação física e do esporte na escola, na Medida Provisória sobre a dívida dos clubes; saber quais os projetos e intenções das diversas Confederações e Federações para alavancar os esportes nas escolas e nas comunidades carentes.

Nosso país passa por momento muito importante, de “lavagem de roupa suja”, onde só se mostra o que tem de ruim e errado, é o momento para chegarmos à arrumação, a união, a boa vontade e, principalmente, colocarmos o nosso país nos trilhos, o mais rápido possível, onde o patriotismo e o amor pelo Brasil prevaleça, deixando de lado as picuinhas e interesses pessoais e políticos. O bem estar do povo brasileiro deve estar acima de tudo. O Distrito Brasil do Panathlon Internacional não pode ficar de fora desses importantes acontecimentos, que mudarão a história do nosso país. O Panathlon brasileiro tem que estar presente e mostrar todo o seu potencial.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.