Editorial

Por: Arthur Orlando da Costa Ferreira.

Boletim Técnico Informativo - n.3 - 1968

Send to Kindle


É com satisfação que colocamos em circulação o terceiro número do BTI, acusando um aumento de receptividade, por parte dos professores de Educação Física de todo o Brasil, aos novos objetivos pugnados pela Divisão de Educa- ção Física.

Embora a catalogação dos assinantes não tenha sido completada após seis meses da solicitação inicial, assistimos prazerosamente à chegada de colabora- ções dos mais diversos setores. Acreditamos que o círculo vicioso da estagna- ção em que vivem mergulhados os nossos especializados, possa ser vencido progressivamente por um trabalho persistente, a longo prazo, com propósitos realistas e bem delineados. Para isto a infra-estrutura do BTI está montada, aperfeiçoando-se internamente, enquanto cumpre as etapas incontornáveis da evolução.

Ainda este ano esperamos apenas introduzir artigos estrangeiros em nossa matéria editorial quando de fato representarem novos conceitos na evolução dos conhecimentos da Educação Física e dos Desportes. Neste sentido, estamo- -nos organizando como também planejamos articular essas diretrizes com as brochuras técnicas, os cursos e os congressos a serem patrocinados pela D. E. F. Tôda a nossa política, no setor técnico, será dirigida numa única dire- ção — a da disseminação de conhecimentos —, obedecendo um planejamento integrado, ora em delineamento. O Curso de Introdução à Moderna Ciência do Treinamento Desportivo, cujos detalhes são encontrados no artigo de abertura, já se insere nesta nova concepção e constitui um experimento para realizações futuras.

Somente com uma base sólida estruturada nesses propósitos é que poderemos ter condições honestas e realistas para enfrentar o problema principal das finalidades técnicas da D. E. F. — o estí- mulo à pesquisa —, meta jamais alcan- çada desde a fundação da Divisão. Essas proposições, entretanto, terão apenas validade relativa na prática se não encontrarmos o apoio de todos os professores de Educação Física ao seu veículo de união, o BTI. Neste contexto continuaremos aguardando as manifestações necessárias .

Arthur Orlando da Costa Ferreira Ten.-Cel. — Diretor da D. E. F. 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.