Send to Kindle


Em um tempo cada vez mais marcado pela disseminação de informações como meio privilegiado de transmissão de conhecimento, fomentar o debate sobre didática, “parte da pedagogia que trata dos preceitos científicos que orientam a atividade educativa” (Instituto Antônio Houaiss, Dicionário Houaiss da língua portuguesa, 2001), é uma forma de dar visibilidade a uma atribuição fundamental da educação física/ciências do esporte: a “arte de ensinar”. Os textos aqui publicados procuram discutir a centralidade da didática no campo da educação física/ciências do esporte a partir de diferentes locais, perspectivas teóricas e focos de análise: práticas docentes universitárias, ensino fundamental por ciclos, formação de instrutores body systems, educação de jovens e adultos em assentamentos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), educação inclusiva, arte circense, ensino da ginástica, da dança, do futebol, possibilidades expressivas e relações de gênero. Uma variedade de textos que demonstra o quanto à didática é um tema que mobiliza e articula as ações em um campo cada vez mais complexo. Este número de didática abre um ano importante para o Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (CBCE) de um modo geral e para a Revista Brasileira de Ciências do Esporte (RBCE) de modo particular. Em setembro teremos o Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte (Conbrace) na cidade de Recife e no mesmo mês já estará circulando o primeiro número da RBCE (vol. 29, n. 1, set. 2007) editado com base nas novas regras de publicação. Introduzimos algumas alterações significativas nas normas após reunião com o conselho editorial realizada em julho de 2006, dentro da programação da 58° Reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) em Florianópolis: A revista deixa de ser exclusivamente editada por temas e passa a contar com duas grandes seções: Seção temática e Espaço aberto. Haverá exigência de documentos 8 Rev. Bras. Cienc. Esporte, Campinas, v. 28, n. 2, p. 7-8, set. 2007 pertinentes à transferência de direitos autorais, declaração de responsabilidade de autores e co-autores e parecer de comitê de ética ou declaração de adequação aos princípios éticos que norteiam as resoluções brasileiras. Estamos abrindo um novo ciclo na longa trajetória da RBCE, alinhando-a às exigências contemporâneas de cientificidade, por isso, esperamos continuar contando com o apoio crítico dos(as) nossos(as) associados(as) para a permanente qualificação deste que é um dos maiores patrimônios do CBCE. Atenciosamente,

]Alex Branco Fraga ,Silvana Vilodre Goellner Editoria (2005-2007)

Endereço: http://www.revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/issue/view/110/showToc

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.