Editorial (37º Simpósio Internacional de Ciências do Esporte)

Por: .

37º Simpósio Internacional de Ciências do Esporte - SIMPOCE

Send to Kindle


Falar de quarenta anos do CELAFISCS é falar de um sonho que foi contagiando gerações e gerações de jovens profissionais que tinham o objetivo de crescimento profissional na busca do saber na área de Ciências do Esporte, mas que aprenderam que esse caminho difícil é muito mais viável em um trabalho de equipe, onde a capacidade de sonhar juntos permeia cada instante de nossas ações e onde a busca do impossível fascina nossos integrantes e sucumbe a simples e tradicional realização do possível. A inspiração começou em dois locais: a‐ nos bancos da Santa Casa de São Paulo, aonde começamos a divisar o potencial que o exercício básico teria sobre a saúde e a doença; e b‐ no Tijucussu Clube, enntidade de jovens idealistas de São Caetano, cuja Olimpíada Colegial desdobrou‐se em tantos acontecimentos, como o Planesporte criado por um grupo de profissionais do esporte, que no seu conteúdo incluía a criação de um Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul, LAFISCS, primeira denominação de nossa casa. Os sonhos eram muitos, mas as lições também, como a que aprendemos quando a prefeitura quis terminar com o laboratório, que nos fez criarmos então uma instituição com personalidade jurídica, o CELAFISCS. Caminhar com as próprias pernas era a filosofia da casa e nessa linha fomos aperfeiçoando nossa marca: a colocação de teoria e prática em uma mesma sentença. Tivemos pessoas que nos inspiraram nesses anos, como o Dr Benjamin Massey, o Sr. João Bonaparte, o Cel Mauricio Cardoso e o Dr José da Silva Guedes, dentre outros que temos com muito orgulho na lista de nossos membros honorários do Brasil e do Exterior.

Na forte área de formação de recursos humanos, quase trezentos colegas conseguiram concluir o estágio de formação básica, cada um trazendo sua energia para se somar na grande árvore genealógica do CELAFISCS, cheia de frutos que hoje ocupam muitas das principais faculdades do Brasil e do Exterior. Muitos outros tantos puderam também ser impregnados pelo vírus da volúpia do saber em estágios mais curtos, cursos, jornadas e seminários. Um espaço especial merece o nosso Simpósio que serviu como “avant premier” para muitos dos profissionais que hoje colorem com sua competência os principais centros de pesquisa do Brasil e que com o decorrer dos anos passaram para nossa mútua alegria a serem convidados para palestrar no nosso evento. Foi também no Simpósio onde o CELAFISCS conseguiu sempre trazer os cientistas do esporte mais destacados em todo o mundo, que em diversas oportunidades abriram as portas de suas instituições para que dezenas de jovens brasileiros conseguissem realizar seus estudos de pós‐graduação nos centros mais avançados

Historicamente sempre vemos um compromisso com a busca da verdade e a melhor tradução científica para a realidade, como ilustrado pela criação do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte. Arriscaria dividir as quatro décadas em distinntas gerações: a primeira que denominaria de heróica, a segunda que teve o desafio de amadurecer um centro adolescente, a terceira que ousou alcançar os limites da liderança da área e a atual que luta para mantê‐la. Mas todas com um traço comum: a capacidade de trabalho em equipe e de sonhar. Estamos em uma época do ter, mas o CELAFISCS historicamente sempre foi muito mais do ser. Procuramos por todas as formas exercitar este ser: o ser companheiro, trabalhador, dedicado, bem humorado, otimista, compreensivo, paciente e em especial os famosos cinco “Cs”, ser competente, compromissado, em coesão, criaavo e com muito coração. Enfim ser CELAFISCS e seguirmos sonhando. Aliás, minha mensagem para o futuro é que nunca deixem de sonhar, sonhar juntos, pois sonhar juntos e com os pés no chão é a essência de nossa casa

Victor Matsudo

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.