Educação Biocêntrica: Contribuições Para o Processo de Escolarização na Educação Básica

Por: Lupércia Jeane Soares.

78 páginas. 2012 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

A presente pesquisa, de natureza qualitativa, foi realizada junto a professores de educação básica da cidade de João Pessoa, e buscou analisar as contribuições da Educação Biocêntrica para a construção de práticas pedagógicas mais favoráveis à aprendizagem e ao desenvolvimento da afetividade no processo da escolarização básica. Este estudo teve como base teórica o Princípio Biocêntrico, que aborda a importância de construir práticas pedagógicas voltadas para o desenvolvimento dos potenciais genéticos (criatividade, vitalidade, sexualidade, afetividade e transcendência) a partir das relações estabelecidas no cotidiano escolar. Consiste em um paradigma das ciências humanas, cujo enfoque é o desenvolvimento da afetividade para superação de toda forma de discriminação. Considerando a afetividade como fator promovedor da aprendizagem, aborda-se a inteligência afetiva como aspecto imprescindível para a educação contemporânea, bem como outros conceitos de igual importância como consciência ética, integralidade, alteridade e autopoiese. Para a coleta de dados foram realizadas entrevistas semiestruturadas e interpretadas de acordo com a análise do discurso. Tomamos como referencial teórico o criador dessa temática Rolando Toro, entre outros, como Elisa Gonsalves, Fritjof Capra, Emanuel Lévinas, Paulo Freire, Feliciano Flores. A partir dos conhecimentos adquiridos, percebemos a necessidade de uma educação voltada para o desenvolvimento integral, considerando os potenciais genéticos abordados pela Educação Biocêntrica, bem como o desenvolvimento cognitivo e o estabelecimento de relações de alteridade. Para tanto, os educadores precisam acreditar e viver essa proposta, transformando suas ações pedagógicas.

Endereço: http://tede.biblioteca.ufpb.br/handle/tede/4690?locale=pt_BR

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.