Educação das Relações étnico-raciais: Processos Educativos Decorrentes do Brincar na Educação Infantil

Por: Alessandra Guerra da Silva Oliveira.

140 páginas. 2015 23/02/2015

Send to Kindle


Resumo

Esta pesquisa busca compreender os processos educativos decorrentes da prática social de brincar em uma intervenção guiada e para a Educação de Relações Racial-Étnicas em uma sala de aula de educação infantil, em cumprimento à Lei 10.639 / 03, que estabelece o tema obrigatório para os afro-africanos e afro. História e cultura brasileira na educação básica e na luta contra o racismo e a discriminação. O estudo foi desenvolvido com crianças de 2 a 3 anos de idade em uma escola pública municipal de São Carlos / SP. Trata-se de uma pesquisa qualitativa desenvolvida com base nos pressupostos da fenomenologia, buscando assim compreender o fenômeno a partir da prática social do brincar. Como instrumento para registrar os dados, utilizamos os diários de campo, também utilizamos um livro de registro (registro) para manter um diálogo constante com os responsáveis ""

Endereço: https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/2765

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.