Educação Escolar e Cultura Corporal em áreas de Reforma Agrária: a Emancipação Humana em Análise

Por: Tiago Nicola Lavoura.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.30 - n.4 - 2016

Send to Kindle


Resumo

O presente artigo teve o objetivo de apreender os f undamentos pedagógicos do ensino da cultura corporal na educação escolar do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra - MST. A luz do materialismo histórico-dialético, os dados empíricos da pesquisa apontam a pedagogia dos projetos fundamentando o trabalho educativo do MST no assentamento investigado. Ao entendermos que o MST deve ter acesso ao conhecimento na sua forma mais desenvolvida, na medida em que o mesmo se torna parte constitutiva do instrumental de luta do Movimento e da classe trabalhadora, defende-se a necessidade de seu trabalho educativo estar fundamentado na pedagogia histórico-crítica, como forma de se possibilitar a formação plena de conteúdos em cada indivíduo singular.
 

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_issuetoc&pid=1807-550920160004&lng=pt&nrm=iso

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.