Educação Física e Práticas Corporais Alternativas: o Trabalho com o Corpo em Questão

Por: .

204 páginas. 2005 10/07/2005

Send to Kindle


Resumo

As mudanças ocorridas na sociedade ocidental, na segunda metade do século XX, expressas através dos movimentos de contracultura e de oposição à racionalidade técnica-científica da modernidade, resultaram na emergência de novos paradigmas a respeito do Homem, bem como da compreensão de corpo, gerando uma nova antropologia. No âmbito da Educação Física esta realidade apareceu marcada no conteúdo relacionado às práticas corporais tradicionais, bem como em relação à dualidade corpo-mente. Paralelo a este processo, a Educação Física sempre conviveu com outras práticas corporais relacionadas à massagem, expressão corporal, consciência corporal, esportes de integração com a natureza, entre outros, suscitando interações ocupacionais com aquilo que se convencionou chamar de Práticas Corporais Alternativas (PCAs). Em face deste contexto buscou-se aprofundar a temática da Educação Física com as PCAs, objetivando averiguar a inserção das praticas corporais alternativas (PCAs) no universo da Educação Física, e identificar se as mesmas constituem-se num novo espaço de intervenção para os profissionais de Educação Física. Na busca de resultados escolheu-se como caminho o estudo de caso de cunho qualitativo, tendo como objeto de estudo a UNESP Campus de Rio Claro. Como técnica para a coleta de dados utilizou-se do questionário, da entrevista e da fonte documental. Os resultados obtidos apontaram para uma compreensão das PCAs como conteúdo que pode ser utilizado na prática profissional da Educação Física, nos âmbitos escolar e não escolar. Demonstraram, também, uma indefinição da área de PCAs, com relação às características que lhe são peculiares, tornando difícil a identificação de um habitus, e conseqüentemente, a definição de um espaço social

Endereço: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/96036

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.