Educação Fisica no Ensino Medio: Representações dos Alunos

Por: Adalberto dos Santos Souza.

2008 22/02/2008

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho teve como finalidade identificar quais as representações que os alunos do Ensino Médio têm sobre as aulas de Educação Física. Em virtude desse interesse, e para compreender como são construídas essas representações, optei pela realização de uma pesquisa etnográfica, uma vez que ela pode permitir um mergulho mais denso no universo escolar, possibilitando, desta forma, uma análise também densa sobre o assunto. Para dar suporte teórico à identificação de como são construídas estas representações, recorri a alguns autores que discutem questões relacionadas à sociedade, cultura e escola. Tal opção deu-se em virtude de compreender que a escola, como parte integrante do sistema cultural, é influenciada em suas ações pelo que ocorre nesta cultura, o que leva os alunos que vivem neste ambiente a elaborarem suas construções vinculadas também às questões sociais e culturais. Para responder a esta questão das representações dos alunos do Ensino Médio sobre as aulas de Educação Física, a pesquisa foi dividida da seguinte forma: no primeiro capítulo, intitulado 'entre o vivido e o percebido', descrevo como minha trajetória de vida tem relação direta com o surgimento das preocupações relativas à escola. No segundo, no qual falo sobre a incursão à escola, mostro o caminho que foi percorrido para chegar aos sujeitos e como estar no campo propiciou o surgimento de algumas questões que compreendo como intervenientes sobre o pensar dos alunos. No capítulo seguinte, "A escola e o conhecimento", procuro situar como o tipo de conhecimento que vai à escola influencia os alunos no que tange à elaboração de suas representações acerca da escola e do mundo. No capítulo que trato da escola de Ensino Médio e da Educação Física, o foco central é na delimitação do que é esse nível de ensino e como ele é visto pelos alunos, acrescentando a isso o papel que a Educação Física tem nessa etapa escolar. No capítulo que trata do cotidiano das aulas de Educação Física, aponto como os jovens expressam seus interesses sobre as aulas, sinalizando para uma interpretação das representações que eles têm sobre elas. Finalizo as reflexões com uma análise sobre as representações dos alunos sobre as aulas e as implicações e perspectivas disso, mostrando a importância das influências externas e internas no processo de construção das representações sociais 

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000436277&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.