Educação Física Escolar: a Compreensão do Comportamento Corporal Como Manifestação da Inteligência Humana

Por: Maurício Teodoro de Souza.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.10 - n.2 - 2002

Send to Kindle


Resumo

A compreensão da inteligência humana, mesmo com as diversas pesquisas realizadas por diferentes áreas do conhecimento, não possui absoluta clareza sobre a sua definição. Vários autores, desde o início do século XX, vêm pesquisando esse fenômeno, sem estabelecer, de forma conclusiva, uma posição sobre o que é inteligência. Dentre as várias abordagens existentes, a proposta de GARDNER (1994) destaca a multiplicidade da inteligência humana, estabelecendo oito inteligências diferentes. Dentre as inteligências denominadas pelo autor, aquela que se refere às manifestações corporais, Inteligência Corporal-Cinestésica, transformou-se no foco principal dessa investigação. Nela, o comportamento corporal manifestado, de acordo com o contexto do ambiente físico e sócio-cultural, caracteriza-se como um dos comportamentos que manifestam a capacidade humana, portanto, pode ser reconhecido, principalmente no âmbito escolar, como uma manifestação inteligente. Posto isto, concluo que o comportamento corporal, observado durante a resolução das situações-problema, demonstra a capacidade dos alunos de solucionarem problemas, contribui para o processo de organização dos comportamentos corporais, manifestando o potencial do aluno, especificamente o potencial de inteligência corporal cinestésica e, portanto, deve ser considerada como uma manifestação da inteligência humana. PALAVRAS-CHAVE: inteligência, inteligência corporal cinestésica, comportamento humano, educação física escolar.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.