Educação Física Escolar: Implicações das Políticas Educacionais na Organização do Trabalho Pedagógico

Por: Ecléa Vanessa Canei Baccin.

135 páginas. 2010 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar as implicações das políticas educacionais do estado do Rio Grande do Sul (gestão 2007-2010) na organização do trabalho pedagógico da disciplina Educação Física de uma escola estadual de Pelotas, a partir da relação entre as orientações políticas mais amplas e as ações definidas pelo governo estadual. Para tal desafio, nos fundamentamos na teoria do materialismo histórico dialético que nos oferece os instrumentos de pensamento para apreendermos as múltiplas determinações da realidade. As técnicas e procedimentos de pesquisa utilizados para a coleta de dados foram: entrevista semiestruturada e observação de aulas. Todas as situações vividas na escola foram registradas em um diário de campo. Para a interpretação dos dados recorremos à análise de conteúdo. Participaram da pesquisa de campo três professores de Educação Física, o diretor e a coordenadora pedagógica de uma escola estadual. Para atingir o objetivo proposto buscamos num primeiro momento traçar as relações entre trabalho e capital que determinam as políticas e as reformas educacionais no Brasil. Em seguida, procuramos identificar os pressupostos das políticas educacionais nacionais e aquelas propostas por agências internacionais, como o Banco Mundial e o FMI, e suas relações com as políticas educacionais em curso no Estado. Foi possível constatar que as políticas educacionais postas em prática por esta gestão buscam equilibrar as contas do Estado, através de ajustes fiscais que estão influenciando diretamente na educação. No relato dos professores há inúmeras críticas a esta política de contenção de gastos que está ocasionando a diminuição da qualidade do ensino e a precarização do trabalho docente. Está clara a busca pela realização de uma educação pautada nas diretrizes da qualidade total, a partir dos instrumentos de avaliação como o SAERS, da tentativa de implementação da meritocracia e da retirada de direitos historicamente conquistados pela classe docente. A partir da análise de categorias como: precarização e intensificação do trabalho docente; financiamento da educação; formação docente; interdisciplinaridade e multidisciplinaridade; conteúdo e método; e, objetivos e avaliação; buscamos explorar as contradições e possibilidades presentes na prática pedagógica, a fim de demonstrar como se dá a organização do trabalho pedagógico. Em relação a disciplina de Educação Física foi possível constatar que os conteúdos predominantes são os esportes e que há uma secundarização desta disciplina de acordo com as novas demandas impostas pelo mercado de trabalho, a partir da reestruturação produtiva e da exigência das novas competências. Para finalizar demonstramos que o projeto educacional da gestão 2007-2010 está hegemonicamente voltado aos interesses do capital. Todos os entrevistados demonstram consciência dos prejuízos à educação causados pelas políticas educacionais em curso, e evidenciamos a resistência desses trabalha

Endereço: http://wp.ufpel.edu.br/ppgef/dissetacoes_2010/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.