Educação Física Escolar na Perspectiva Discente: o Desvelar do Real e do Imagi­nário

Por: Pedro Paulo Maneschy e .

IX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

O presente trabalho teve como objetivo identificar o conceito da Disciplina Educação Física vivenciada nos 1ee 2o graus, junto a universitários da UNICAMP. Participaram da pesquisa 27 alunos da Disciplina EF 101 - Prática da Educação Física dos Cursos de Pedagogia, História, Artes Cênicas, Biologia, Economia, Matemática e Física, sendo 13 do sexo feminino e 14 do sexo masculino. A abordagem metodológica utilizada foi a Análise do Conteúdo de Bardin (1977). Os resultados demonstraram a Educação Física: a) No Real - 1- E realizada sem planejamento, ocasionando desmotivação dos participantes. 2- Apresenta aulas apenas práticas, sem justificativa teórica. 3- Centra seu conteúdo na prática esportiva. 4- É considerada uma Disciplina diferente das demais pela falta de seriedade e critérios de avaliação, b) No imaginário -1 - Deve possuir componentes curriculares seqüenciais como as outras Disciplinas. 2- Necessita de aulas teóricas para justificar as práticas pedagógicas, bem como correlacionar seu conhecimento com demais Disciplinas. 3- Deve desafiar os alunos através da apresentação de problemas a serem resolvidos, bem como estabelecer critérios de avaliação. Este projeto foi financiado pelo CNPq.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.