Educação Física Escolar no Ensino Médio: o Uso das Redes Socias no Processos de Ensino-aprendizagem a Partir da Perspectiva de Aulas Abertas

Por: Jéssica Serafim Frasson, Muryllo Rezende Soares, Otto Silva, Thiago Sousa Matias e Veruska Pires.

Pensar a Prática - v.21 - n.3 - 2018

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho buscou investigar o potencial inovador e educacional na disciplina de Educação Física, através da diversificação do conteúdo, redes sociais e aulas abertas. A proposta foi desenvolvida na disciplina de estágio supervisionado no ensino médio, e realizada em uma escola pública mantida pelo estado de Santa Catarina. As análises foram sistematizadas nas redes sociais e relatórios de observação com interpretação temática e categorial. As redes sociais promovem espaço de discussão, é útil para a realização de tarefas, permite avaliação e auxilia na preservação e significação do conteúdo. A diversidade dos conteúdos motiva os alunos, elimina a evasão e impulsiona discussões educacionais. As aulas abertas geram reflexões, motivação, ação comunicativa e autonomia. 

Endereço: https://www.revistas.ufg.br/fef/article/view/49305

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.