Educação Física Escolar, Tema Transversal Saúde e Livro Didático: Possíveis Relações Durante a Prática Pedagógica

Por: e .

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.21 - n.3 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O processo de elaboração, implementação e análise crítica de livros didáticos na Educação Física escolar não costuma tangenciar muitos estudos e pesquisas na área inviabilizando a construção de considerações e proposições que corroborem com a prática pedagógica na escola. Do mesmo modo, a saúde, enquanto temática transversal, também apresenta alguns questionamentos, de modo que abordá-la por meio de livros didáticos representa uma possível proposta de inter-relação para compreensões mais ampliadas sobre esse tema e suas interfaces com a cultura corporal. Dessa forma, o presente estudo objetivou avaliar a implementação de um livro didático de Educação Física sobre o tema transversal saúde em uma escola pública estadual de uma cidade do interior do estado de São Paulo. Participaram desta pesquisa, cuja metodologia é de cunho qualitativo, 33 alunos, média de idade de 12,21 anos (±0,48). Posteriormente, sorteou-se aleatoriamente uma amostra de 12 alunos, média de idade de 12,17 anos (±0,39), que participaram de um grupo focal. Os resultados foram organizados em 4 categorias: Expectativas prévias dos alunos; Relação saúde e Educação Física; Livros didáticos e Educação Física escolar; A saúde e a prática pedagógica da Educação Física: ampliando conceitos. Considera-se que o impacto da implementação do material foi positivo, evidenciando a possibilidade de utilização de livros didáticos também na Educação Física escolar. A complexidade da prática pedagógica requer que diversos meios possam ser utilizados para mediar o processo de ensino e aprendizagem. Sendo assim, os livros didáticos devem ser compreendidos como mais um elemento a disposição do professor, contribuindo com suas ações, possibilitando o desenvolvimento de conteúdos relacionados à esfera da cultura corporal. Esses meios interventores do currículo podem ainda corroborar com a compreensão da Educação Física enquanto componente curricular obrigatório por meio da valorização da prática pedagógica crítica e reflexiva, além da ampliação sobre os conceitos de saúde.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/3641

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.