Educação Física Escolar: Uma Questão de Espaço e Tempo

Por: .

105 páginas. 1994 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Este estudo busca historiar os espaços físicos e o tempo de atividades dos alunos, na disciplina Educação Física da escola pública. A questão central foi de caracterizar as estruturas do ensino público paulista de início do século vinte, em relação ao declarado pelos periódicos e o que foi realmente praticado, como fatores estruturantes das atuais ações. No trabalho, fez-se necessário o estudo de alguns conceitos básicos e de fatos históricos que deram base para se pensar no publicado pelos profissionais responsáveis na época delimitada, ou seja, durante as duas primeiras décadas. A escolha dos documentos básicos do estudo, tem por suposição que as publicações da Revista de Ensino, como órgão de manifestação do professorado, e dos Anuários do poder público, manifestam-se como um forma de organização dos espaços físicos e tempo de atividades educacionais, representando as intenções e ações do governo. Foram apresentadas conclusões caracterizando a escola pública paulista desprovida de espaços, e tempo de atividades de Educação Física insuficientes para atingir aos objetivos de formação integral dos educandos. Relativo aos fatores estruturantes dos espaços e tempos atuais da escola pública encontrou-se nas plantas e projetos do início do século a gênese do sistema atual, havendo incoerência entre os valores declarados e os reais praticados

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=1821&listaDetalhes%5B%5D=1821&processar=Processar

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.