Educação Física na área das Linguagens

Por: Dainan Lanes de Souza.

75 páginas. 2018 08/08/2018

Send to Kindle


.Resumo

Este estudo objetiva analisar as implicações da estruturação semiótica no processo de legitimidade da Educação Física em relação à área das linguagens, justificando-se pela necessidade de reconhecimento dos profissionais envolvidos na relação estabelecida nesta área do conhecimento na educação básica. A metodologia se caracteriza por um estudo teórico, de método dialético, com uma refinada revisão bibliográfica, em que são investigados os documentos norteadores de ensino da Educação Física na área das linguagens (Parâmetros Curriculares Nacionais [PCN’s, 1999] e a Base Nacional Comum Curricular [BNCC, 2017]) e os trabalhos constituídos no período de homologação desses documentos. Os resultados encontrados indicam que não há uma homogeneidade no conceito de linguagem apresentado nos documentos norteadores, e a necessidade de construção de uma gramática para a linguagem corporal, a qual é estabelecida pela Praxiologia Motriz (PM), através de um conceito analítico de Semiótica, que pode ser o ponto de partida para uma intervenção pedagógica por meio de um conceito propositivo de Semiótica, dado pela Pedagogia da Corporeidade (PC). Essas constituem aspectos de comunicação e linguagem relevantes no processo de ensino-aprendizagem das manifestações da cultura corporal de movimento, corroborando o reconhecimento deste componente nesta área do conhecimento.

Endereço: https://repositorio.ufsm.br/handle/1/14777

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.