Educação Física na Educação Infantil

Por: João Josué da Silva Filho e Manoel dos Santos Gomes.

238 páginas. 2012 06/08/2012

Send to Kindle


Resumo

Estudo de base documental que utiliza como marco inicial a segunda metade da década de 1990, precisamente, por ser um período de "ruptura" de modelos e profícuo na elaboração de documentos pelo Estado, tanto para a Educação Física, que se tornou um componente curricular obrigatório por força da lei, quanto para a Educação Infantil, transformada em primeira etapa da educação básica. A LDBEN 9394/96 e as reformas educacionais implementadas (re) definiram uma concepção no processo de formação de professores. Elabora-se, pela primeira vez na história da educação brasileira, uma lei de diretrizes e bases que estabelece uma organicidade à Educação Infantil, sinalizando de forma inequívoca espaço e tempo onde essa educação deveria acontecer: creches e pré-escolas. O estudo investiga em documentos exarados pelo Estado no período Pós-LDBEN e nos de um curso de licenciatura em Educação Física de uma universidade do Nordeste brasileiro - UNEB - Universidade do Estado da Bahia - a formação de professores cujo foco de atuação é o nível da Educação Infantil (educação de crianças de zero a cinco anos ), utilizamos como fio condutor a seguinte problemática: Quais são os determinantes que fazem o curso de licenciatura plena em Educação Física negligenciar a formação de professores que vão atuar no nível da Educação Infantil? Os documentos que serviram de base para a elucidação da hipótese/tese de trabalho foram, em nível nacional, a Resolução MEC/CFE 03/1987, a Resolução CNE/CP nº1/2002, o Parecer 0058/2004; em nível local, o Projeto Curricular do curso e seus elementos constituintes. A análise dos dados foi realizada a partir dos princípios e recursos gerados pelo método da Análise do discurso, ADTO, referenciada em Norman Fairclough, subsidiado pelo referencial teórico da pesquisa, no encaminhamento da investigação. Dados mostraram que não está nos cursos a responsabilidade pela negligência na formação do professor de Educação Física para a Educação Infantil, na realidade, são as políticas públicas que de forma ambígua anunciam possibilidades, porém impedem que essas possibilidades se materializem ao limitar paradoxalmente as condições para que os cursos possam promover alterações significativas em sua formatação.

Endereço: http://bdtd.ibict.br/vufind/Record/UFSC_230ce71ac4ef7adce0cd9fd56ad7bba4

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.