Educação Física na Educação Infantil: Acepções Sobre Atuação Profissional e Condições de Trabalho

Por: A. F. Souza Junior, E. M. L. P. Castro, J. C. M. Bressan, J. P. L. Lesco, R. A. Bandeira e R. S. Reverdito.

IX Congresso Internacional de Educação Física e Motricidade Humana XV Simpósio Paulista de Educação Física

Send to Kindle


Resumo

A Educação Infantil consiste em uma etapa da Educação Básica, a qual detém características e demandas muito específicas. Especialmente em relação à Educação Física onde a atuação e as condições de trabalho são temas emergentes na Educação Infantil. O objetivo do presente estudo evidencia-se em apresentar levantamento analítico inicial de dados coletados em escolas da rede pública e privada do município de CáceresMT, que atendam a Educação Infantil, com foco na Educação Física. O referido destaca-se enquanto recorte de um projeto de pesquisa de maior abrangência organizado pelo grupo de estudos LUDUS/UNEMAT, que é constituinte do núcleo dos estudos do LEAPE (Laboratório de Estudos Aplicados em Pedagogia do Esporte), vinculados a UNEMAT (Universidade do Estado de Mato Grosso) Campus de Cáceres-MT. A presente pesquisa de cunho quanti/qualitativo, realiza-se em parceria com a Secretaria Municipal de Educação do município de Cáceres-MT, da qual obtivemos os dados do corrente ano com última atualização em dezembro de 2014. Nestes constam o quantitativo de 3.003 alunos/as da educação infantil na rede pública/privada municipal de ensino, divididos em três categorias: a) Alunos alocados na educação infantil em escolas localizadas na zona urbana, totalizam 2.373; b) Alunos alocados em escolas situadas na zona rural com o total de 303; c) Alunos prenotados na rede privada de ensino, da qual obtivemos um número ainda parcial, sendo de 327, considerando 4 (quatro) escolas. Do exposto enviamos questionários estruturados as instituições de ensino, obtendo a devolutiva de 7 (sete) instituições, das quais 3 (três) são públicas da esfera municipal e 4 (quatro) da rede privada de ensino. Diante do mapeamento exposto, algumas inquietações emergiram em nossas reflexões, destacando-se: o campo de atuação dos professores/ as de Educação Física na Educação Infantil se apresenta enquanto possibilidade perene, visto que a atuação nessa fase do ensino básico não é restritiva a professores com formação em pedagogia, principalmente quando se trata de aulas de Educação Física. No entanto, a investigação indica que as aulas, em sua totalidade, são ministradas por pedagogos, principalmente na rede pública municipal de ensino, que possui somente esse profissional para a faixa etária específica; identificou-se em algumas escolas privadas que quantidade máxima de alunos indicada, corresponde a um número aproximado de 25 por turma. Estas escolas fornecem ainda, além da professora pedagoga, uma monitora para as aulas de Educação Física na Educação Infantil. Do exposto, nota-se, portanto, que além de tratar-se de um espaço de grande importância para a atuação do professor de Educação Física, indica-se ainda que existam diferentes condições de trabalho, ofertadas a professores atuantes em escolas de ensino público infantil quando comparada ao privado, considerando apenas a delimitação restrita dos dados informados.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/10060/10060

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.