Educação Física na Fase Creche Mediando Pelos Jogos as Práticas Sociais

Por: Sally Ataíde Miguel.

128 páginas. 2018 06/05/2018

Send to Kindle


Resumo

Este é um estudo interdisciplinar, o qual procura compreender a Educação Física como um dos elementos educacionais no processo das práticas sociais em crianças, de 01 a 03 anos de idade, assim que são inseridas no mundo da Educação Escolar, na fase creche. Desde o nascimento, o indivíduo passa por processos complexos que vão, a exemplo de mudanças biológicas à internalização de regras sociais que ajudam o ser humano a regular seu comportamento para o convívio em grupo. Mas para isso o ser humano quando criança precisa do adulto, que já se encontra nesse processo, para aprender a controlar suas pulsões e emoções, e nesse intercâmbio aos poucos vai ajustando seu temperamento, que é refletido em seu comportamento. Diante dessas considerações o objetivo desta pesquisa foi investigar nas aulas de Educação Física a interação das crianças de um a três anos de idade, que frequentam a Creche Municipal Professora Eliana de Freitas Moraes situada na cidade de Manaus, verificando no momento do jogo o processo das práticas sociais. O caminho metodológico percorrido se desenvolveu por meio de uma pesquisa de abordagem qualitativa, buscando interpretar as ações das crianças, uma vez que sabemos que não se podem quantificar valores e atitudes. Para isso a pesquisa de campo pôde nos proporcionar uma maior interação com o objeto a ser estudado e os participantes da pesquisa, pois tivemos a oportunidade de passar quatro meses em contato direto com cada grupo. Utilizamos a técnica de observação direta do comportamento das crianças no momento da interação nas aulas de Educação Física e um caderno de anotações para o registro das características sociais das crianças ocorridas durante essas relações, descrevendo os mecanismos utilizados pelo grupo para ajustar o comportamento infantil com a prática do respeito, cuidado, etc. Realizamos entrevistas semiestruturadas com as professoras responsáveis pelas turmas participantes e aplicamos jogos nas aulas de Educação Física. Pudemos concluir que, nas aulas de Educação Física é oportunizada às crianças jogos que estimulam o desenvolvimento das habilidades motoras, como equilíbrio, força, agilidade entre outras, ajudando-as gradativamente a controlar seus movimentos dentro do limite de locomoção no espaço social. Com a melhora do seu controle motor, a criança consegue usufruir de um deslocamento que ao mesmo tempo em que lhe proporciona liberdade, a auxilia em sua relação com o outro dentro de um compartilhamento recíproco desse espaço social, e desse modo contribui para a compreensão da significância de observação do respeito, do cuidado, do trabalho em grupo, da cooperação na organização do espaço social, que em uma relação de interdisciplinaridade com direcionamento pedagógico, ensina a criança em sua dinâmica. Com isso, a criança que se encontra em uma fase egocêntrica se socializa, aprendendo regras sociais expressadas no momento do jogo, e mesmo que de início não compreenda direito essas regras, com o tempo dentro de um processo, elas vão internalizando as informações, passando a reproduzir as atitudes que se espera de um indivíduo em ambiente social.

Endereço: https://tede.ufam.edu.br/handle/tede/6540

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.