Educação Física nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental: Intensidade dos Esforços Físicos e Conteúdos Desenvolvidos

Por: Carolina Bohns Mattea.

137 páginas. 2014 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Este estudo transversal de base escolar teve como objetivo caracterizar as aulas de Educação Física nos anos iniciais do ensino fundamental das escolas públicas e privadas da cidade de Pelotas, RS. Foram analisados a duração e a intensidade dos esforços físicos, conteúdos desenvolvidos e ação do professor durante as aulas. Compuseram a amostra 19 escolas da zona urbana e rural da cidade, totalizando 93 turmas e 404 alunos. Para as observações das 275 aulas de Educação Física foi utilizado o instrumento System for Observing Fitness Instruction Time (SOFIT). O nível de atividade física dos estudantes durante as aulas foi mensurado pelo acelerômetro Actigraph wGT3X+. A duração média de tempo das aulas de Educação Física observada pelo SOFIT foi de 29,9 minutos (DP 8,1). Destes, 14,2 minutos (47,8%) foram despendidos em atividades sedentárias, 7,8min (26,2%) em atividades leves, 2,8min (9,3%) em atividades moderadas e 4,9 minutos (16,7%) em atividades físicas vigorosas de acordo com a acelerometria. O contexto das aulas mais frequentes foi o conteúdo jogos estruturados (36,0%). Já a ação do professor gerenciando (45,6%) foi a mais observada. Ficou evidenciada a necessidade de um maior aproveitamento do tempo das aulas para o desenvolvimento de atividades físicas moderadas à vigorosas. Contudo, a Educação Física do 1º ao 5º ano se mostrou estruturada e planejada com relação à ação do professor e aos conteúdos desenvolvidos. 

Endereço: http://wp.ufpel.edu.br/ppgef/arquivo-de-dissertacoes-2015/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.