Educação Infantil, Cooperação e Competição: Análise Microgenética Sob Uma Perspectiva Sociocultural Microgênese da Cooperação e Competição na Educação Infantil

Por: Angela Uchoa Branco e Marilícia Witzler Antunes Palmieri.

Psicologia Escolar e Educacional - v.11 - n.2 - 2007

Send to Kindle


Resumo

O estudo analisa as práticas de socialização promovidas no contexto da educação infantil a partir de uma perspectiva sociocultural construtivista do desenvolvimento humano. Seu objetivo foi investigar a promoção e/ou inibição de diferentes modalidades de interdependência humana (cooperação, competição e individualismo) articuladas às interações específicas e às orientações para crenças e valores sociais a elas associadas. Para tanto, realizouse a análise dos padrões de interação social apresentados por duas professoras e seus alunos de 4 a 6 anos. Os resultados mostram a promoção de padrões de interação individualista e competitivo sendo observado reduzido incentivo à experiência coletiva da cooperação, seja na estrutura e dinâmica das atividades diárias, seja durante a sessão estruturada pela professora e analisada em nível microgenético. Palavras-chave: cooperação; competição; individualismo. 

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1413-85572007000200014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.