Educação Interprofissional em Saúde: Concepções e Práticas

Por: Nildo Alves Batista.

Caderno Fnepas - n.2 - 2012

Send to Kindle


Resumo

CONCEPÇÕES
A EIP apresenta-se atualmente como a principal estratégia para formar profissionais aptos para o trabalhoem equipe, prática essencial para a integralidade no cuidado em saúde. Partimos dos pressupostos de que, para entendermos a EIP é necessário ressignificarmos dois,conceitos essenciais - o de educação e o de saúde.

Educação entendida com uma perspectiva dialógica e crítica, comprometida com a construção de conhecimentos como instrumentos de transformação social, onde professor e aluno atuam em situações interativas de ensino e aprendizagem. Esta concepção avança um pouco mais, em relação à perspectiva construtivista, porque o conhecimento é concebido como processo de construção e o aluno assume o papel de sujeito do processo de aprendizagem, mas, acima de tudo, rompe com a perspectiva tradicional da transmissão de conteúdos, do professor como detentor do saber e o aluno como receptor passivo de informações.

Endereço: http://www.fnepas.org.br/artigos_caderno/v2/educacao_interprofissional.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.