Educação Social e Infância: Atuação e Formação Profissional no Projeto Brincadeiras com Meninos e Meninas De/e na Rua

Por: Carolina Rossato Volpini, Paula Marcal Natali e Verônica Regina Müller.

Motrivivência - v.27 - n.46 - 2015

Send to Kindle


Resumo

A Educação Social é uma área em expansão no Brasil; este é um estudo que trata sobre a relação entre a formação e a atuação dos profissionais envolvidos, bem como a defesa dos direitos humanos de crianças e adolescentes. O objetivo foi delineado a partir das experiências de Educadores Sociais, participantes de um Projeto de Extensão Universitária denominado “Projeto Brincadeiras com Meninos e Meninas de/e na Rua” entre os anos de 2007 a 2011. Os procedimentos metodológicos para o desenvolvimento da pesquisa foram estruturados a partir dos fundamentos da pesquisa qualitativa (TRIVIÑOS, 2011). Como técnica de coleta de dados realizou-se entrevistas semiestruturadas com os educadores que participaram do referido projeto, visando a análise de dados, através da técnica de Análise de Conteúdo, de Bardin (1977). O estudo buscou apresentar os princípios do projeto “Projeto Brincadeiras”: respeito, compromisso, diálogo, inclusão e participação; através da análise das entrevistas com os educadores do projeto, apontando os fundamentos presentes na formação e atuação, contribuindo com estas reflexões sobre o trabalho com a infância e a adolescência dentro do contexto brasileiro. Os resultados apresentados demonstram que os educadores sociais se confrontam com negligências e violações de direito na realidade em que atuaram e que através de suas experiências com o Projeto desenvolveram empatia e compromisso em diferentes âmbitos de sua atuação profissional , passando a reconhecer a necessidade da luta pelos direitos humanos de crianças e adolescentes.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2175-8042.2015v27n46p203

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.