Efeito de 12 Semanas de Treinamento com Pesos Sobre a Força Muscular de Mulheres com Mais de 60 Anos de Idade

Por: Ericka Sant’ana Federici Trancoso e Paulo de Tarso Veras Farinati.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.16 - n.2 - 2002

Send to Kindle


Resumo

O treinamento da força (TF) tem se revelado eficaz em idosos frágeis. Contudo, dúvidas
persistem sobre a resposta ao treinamento em idosos com nível de independência funcional elevado. O
objetivo do estudo foi observar os efeitos de 12 semanas de TF sobre a força muscular em mulheres idosas
funcionalmente autônomas, mas sem experiência prévia com este tipo de treinamento. Trinta e cinco mulheres
com 62 a 77 anos de idade passaram por anamnese e teste de esforço com ECG. Uma voluntária foi excluída
por utilizar marcapasso, outras duas exibiram sinais de isquemia, seis não compareceram ao teste de esforço e
sete abandonaram o TF por razões diversas. A casuística contou com 19 indivíduos (idade = 69 ± 5 anos).
Foram realizadas, duas vezes por semana durante 12 semanas, duas séries de 10 repetições máximas (RM) em
exercícios para membros inferiores (“leg-press”) e superiores (supino reto). As médias semanais do volume
de treinamento foram comparadas através de ANOVA para medidas repetidas (p < 0,05). Os resultados
indicaram tendência à melhoria da força durante o período observado, nos dois exercícios, da ordem de 58%
para o “leg-press” e 61% para o supino. O ganho de força evoluiu rapidamente nas primeiras quatro semanas,
tendendo a estabilizar-se nas semanas finais. Conclui-se que o TF pode apresentar resultados positivos em
idosas com bom nível de independência funcional. A possibilidade destes ganhos ocorrerem em treinamentos
de prazo mais longo, todavia, revela-se duvidosa.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/v16%20n2%20artigo9.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.