Efeito Agudo de Diferentes Intensidades de Exercício com Pesos no Desempenho Muscular de Idosas Treinadas

Por: André Luiz Demantova Gurjão, Danilo Calori José Claudio Jambassi Filho, Raquel Gonçalves, Sandra Aires Ferreira e .

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.18 - n.6 - 2012

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi comparar a resposta aguda da sustentabilidade das repetições e do volume de sessões de exercício com pesos realizados com diferentes intensidades, em idosas treinadas. Fizeram parte deste estudo 16 idosas (68,3 ± 6,0 anos; 69,8 ± 10,6kg; 157,6 ± 6,5cm). Após a determinação das cargas referentes a 15 repetições máximas (RM) no exercício leg press, duas sessões experimentais (intervaladas por 48-72 horas) foram conduzidas adotando-se uma de duas diferentes intensidades (90 ou 100% de 15 RM). Um delineamentocross over balanceado foi utilizado para determinar a ordem das sessões. A sessão com 100% de 15 RM envolveu a realização de três séries até a fadiga muscular, ao passo que a sessão com 90% de 15 RM foi realizada em duas séries com 15 repetições e uma última até a fadiga muscular. O intervalo de recuperação entre as séries foi 120 segundos. O volume de treino obtido com 90% de 15 RM foi 22,5% superior (P < 0,01) ao volume da sessão realizada com 100% de 15 RM. A sustentabilidade das repetições no exercício realizado a 100% de 15 RM foi comprometida nas duas séries finais da sessão (P < 0,01), com diferenças em relação ao protocolo realizado com menor intensidade. A análise dos resultados sugere que reduções de 10% da carga de 15 RM têm efeito significativo na sustentabilidade do número de repetições entre as séries e volume de treino de idosas treinadas quando comparadas ao exercício realizado a 100% de 15 RM.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922012000600003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.