Efeito Agudo do Exercício Físico em Diferentes Intensidades Sobre os Marcadores Inflamatórios em Adolescentes Obesos

Por: Antonio Stabelini Neto, Géssika Castilho dos Santos, Jeffer Sasaki, Rui Marques Gonçalves Elias e Wayne Ferreira Faria.

Revista da Educação Física - UEM - v.30 - n.1 - 2019

Send to Kindle


Resumo

A obesidade promove um estado de inflamação crônica de baixo grau do tecido adiposo branco, o qual está associado a doenças crônicas.  O exercício físico induz um ambiente anti-inflamatório, porém pouco se sabe sobre o efeito agudo do exercício físico contínuo em diferentes intensidades sobre os marcadores inflamatórios em adolescentes obesos. Participaram deste estudo 10 adolescentes obesos de ambos os sexos, entre 15 e 18 anos. Os voluntários realizaram duas sessões de 30 minutos de exercício, sendo a 1ª sessão na intensidade moderada (55% VO2pico) e a 2ª sessão na intensidade vigorosa (75% VO2pico), com o intervalo de uma semana entre cada sessão. As amostras sanguíneas foram coletadas 10 minutos pré e 20 minutos pós exercício. Os marcadores inflamatórios foram analisados através do método Quimiluminescência. Para análise estatística foi utilizado o teste ANOVA para medidas repetidas com dois fatores  e o nível de significância adotado foi de 5% (p< 0,05). Os resultados indicaram que 30 minutos de exercício aeróbico moderado resultou em mudanças significativas nos níveis circulatórios de TNF-α (6,23 ± 1,64 para 7,03 ± 1,49) e IL-6 (3,35 ± 1,53 para 3,85 ± 1,73). A partir dos resultados encontrados no presente estudo, pode-se concluir que uma única sessão de exercício físico de intensidade moderada com 30 minutos de duração induziu respostas agudas nos marcadores inflamatórios nestes adolescentes obesos

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/43570

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.