Efeito da Aprendizagem no Desempenho de Repetidos Testes de Wingate

Por: Alisson Gustavo Braz, Marcos Roberto Queiroga, Sandra Aires Ferreira e Timothy Gustavo Cavazzotto.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.36 - n.1 - 2014

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do estudo foi verificar a existência do efeito aprendizagem nos resultados de repetidos testes de Wingate. Doze ciclistas foram submetidos a dois testes de Wingate (TW1 e TW2) com intervalo de uma semana. A resistência adicionada foi equivalente a 10% da massa corporal e as rotinas foram planejadas para reproduzir as mesmas condições em ambos os testes. Os resultados revelaram grande amplitude nos limites de concordância dos testes 1 e 2 em todas as variáveis, bem como diferenças significantes para Potência Média (PM), em valores absolutos (TW1: 579,7 ± 91,0 W vs TW2: 616,9 ± 102,2 W) e valores relativos (TW1: 8,3 ± 0,8 W/kg vs TW2: 8,8 ± 0,9 W/kg). A evidência demonstra a existência do efeito aprendizagem causando influência nos resultados da potência anaeróbica.

Endereço: http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/view/1485

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.