Efeito da Atividade Física Sobre os Marcadores Cardiometabólicos em Adolescentes: Revisão Sistemática

Por: Maria do Carmo Gouveia Peluzio, Nathália Cristina Borges Oliveira, , Sílvia Eloiza Priore e Valter Paulo Neves Miranda.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.22 - n.3 - 2016

Send to Kindle


Resumo

o acúmulo de gordura corporal é um dos principais fatores de risco de doenças cardiometabólicas. a obesidade pode ser considerada uma doença inflamatória sistêmica crônica em adultos e em pessoas mais jovens. o controle do processo de inflamação subclínica por meio da prática de atividade física ( af) pode atenuar os efeitos dos fatores de risco que desencadeiam a aterosclerose que se agrava com a idade. o objetivo deste estudo foi realizar uma revisão sistemática sobre a influência da atividade física e/ou do exercício sobre marcadores cardiometabólicos e outros fatores de risco de doenças cardiovasculares em adolescentes. a revisão sistemática foi realizada nas bases de dados eletrônicas s copus, Pubmed, conchrane collection e sciElo . os termos usados para a busca foram “cardiovascular diseases and inflammation and adolescents and physical activity or exercise”. foram avaliados 24 artigos originais, 14 estudos longitudinais e 10 transversais. no geral, 16 artigos (66,66%) mostraram que a af , o exercício físico e/ou comportamento sedentário influenciaram ou se relacionaram com a concentração de marcadores cardiometabólicos. todos os estudos que analisaram mudanças do estilo de vida mostraram redução dos marcadores cardiometabólicos. algumas limitações foram observadas: amostras pequenas, falta de prescrição dietética, controle e avaliação de volume e intensidade do exercício físico. a maioria dos estudos analisados mostrou que a atividade física pode influenciar e diminuir as concentrações dos marcadores cardiometabólicos em adolescentes. no entanto, estudos com tamanho amostral representativo e com controle da avaliação do nível de atividade e/ou exercício físico são necessários para verificar com acurácia as alterações que o estilo de vida mais ativo pode apresentar no processo de inflamação, assim como em outros fatores de risco de doenças cardiometabólicas em adolescentes.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1517-86922016000200097&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.