Efeito da Intensidade do Exercício Prévio na Resposta Fisiológica e na Performance Aeróbia de Curta Duração

Por: Benedito Sérgio Denadai, Camila Coelho Greco e Renato Aparecido Corrêa Carita.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.17 - n.1 - 2015

Send to Kindle


Resumo

Atletas de diferentes esportes têm usado frequentemente exercícios de aquecimento como forma de preparação para a sessão de treinamento ou a competição. Entre as razões que levam os técnicos a adotarem este procedimento estão o aumento no metabolismo e na performance, como também a prevenção de lesões musculoesqueléticas. Os efeitos do exercício prévio têm sido estudados para se analisar os fatores limitantes dos ajustes fisiológicos no início do exercício e seu efeito na performance do exercício subsequente. Assim, este artigo analisa estudos que investigaram os efeitos do exercício prévio nas respostas cardiorrespiratórias, metabólicas e na performance aeróbia de curta duração. Neste contexto, fatores como a intensidade e a duração do exercício prévio e o período de recuperação entre as sessões de exercício prévio e do exercício subsequente são discutidos. São apresentados também os possíveis mecanismos que poderiam explicar os efeitos do exercício prévio nas respostas fisiológicas e na performance. Os efeitos do exercício prévio na cinética do consumo de oxigênio (VO2) não parecem depender da intensidade do exercício prévio e do período de recuperação entre as sessões de exercício (i.e., prévio e subsequente). Porém, os efeitos na tolerância ao exercício parecem depender da interação entre a intensidade dos dois exercícios e do período de recuperação entre eles.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2015v17n1p112

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.