Efeito da Liberação Miofascial (lm) na Flexibilidade de Mulheres Adultas Praticantes de Ginástica Localizada

Por: Daiane Almeida Rodrigues e Johnathan Pereira Castro.

XX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VII CONICE - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

O presente trabalho se trata de uma busca de conhecimento e experiência na conclusão do estágio em Educação Física, na Atividade Desenvolvimento Físico-Esportivo, ocorrido nas Unidades Executivas/Operacionais do Sesc (Serviço Social do Comércio) – Departamento Regional em Goiás: Sesc Cidadania (2015) e Sesc Campinas (2016) na cidade de Goiânia. O objetivo do presente estudo foi investigar os efeitos da Liberação Miofascial sobre a flexibilidade de mulheres adultas praticantes de ginástica localizada, analisar a efetividade desta técnica nas aulas como ferramenta metodológica para a melhoria do desempenho físico. Para isto, traçou-se o perfil de grupo desejado por meio de informações coletadas no Programa de Avaliação Físico-Funcional (nome do programa) e no Módulo de Atividades – Central de Atendimentos e pela realização do teste “Sentar-e-Alcançar” pré e pós-intervenção com a técnica de Liberação Miofascial. Fizeram parte da pesquisa 13 alunas de Ginástica Localizada do Sesc de Campinas, com idade média de 46 anos, divididas em dois grupos experimentais, ambos realizaram os mesmos testes de flexibilidade e aplicação da técnica de Liberação Miofascial por cinco sessões. Para análise de classificação dos níveis de flexibilidade utilizou-se das Diretrizes do Colégio Americano do Esporte (ACSM) 7ª edição, 2007. Os resultados indicaram mudança significativa, de forma geral. A técnica de Liberação Miofascial melhorou a mobilidade articular e influenciou positivamente no desempenho físico dos indivíduos.

Endereço: http://congressos.cbce.org.br/

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.