Efeito da Oclusão Visual no Equilíbrio Dinâmico em Plataforma Instável de Idosas e de Adultas Jovens

Por: Cristiane Regina Coelho Candido, Juliane Cristina Leme e .

Revista da Educação Física - UEM - v.29 - n.1 - 2018

Send to Kindle


Resumo

O envelhecimento causa detrimento nas informações sensoriais que refletem na qualidade do controle postural. O uso do toque suave tem sido sugerido como estratégia para diminuir a oscilação postural mesmo na ausência de visão. Porém, ainda não está claro este efeito em situação de instabilidade da base de suporte. O objetivo do presente estudo foi analisar o efeito da oclusão visual e do toque suave no equilíbrio em plataforma instável de idosas e adultas jovens. Vinte idosas (=69,4 anos; DP=6,7) e vinte adultas jovens (=20,6 anos; DP=3,2) realizaram a tarefa que consistiu em manter o equilíbrio em plataforma instável, em base bipodal durante vinte segundos, com perturbação médio-lateral, em três tentativas, nas seguintes condições, realizadas aleatoriamente, a saber: visão e toque (V+T), visão e sem toque (V+ST), sem visão e toque (SV+T) e sem visão e sem toque (SV+ST). Foram analisadas as variáveis de tempo em equilíbrio (s), tempo em equilíbrio médio (s), maior tempo em equilíbrio (s) e número de desequilíbrios. O teste de Mann-Whitney U demonstrou que as idosas apresentaram pior desempenho no equilíbrio em comparação às adultas jovens em todas as condições (P<0,05). Os testes de Friedman e Wilcoxon demonstraram pior desempenho no equilíbrio com a oclusão visual em ambos os grupos (P<0,05). Por outro lado, houve melhora no equilíbrio com o toque tanto na condição com visão quanto sem visão (P<0,05). Ambos os grupos foram capazes de utilizar as informações sensoriais hápticas por meio do toque suave para auxiliar na manutenção do equilíbrio.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/33571

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.