Efeito da Prática de Natação e as Alterações Antropométricas em Escolares da Região de Joinville

Por: Bianca Schlogl, Eriberto Fleischmann, Gabriela de Souza, Matheus Ransani Abegg, Patricia Esther Fendrich Magri e Valério Koerber Junior.

40º Simpósio Internacional de Ciências do Esporte SIMPOCE

Send to Kindle


.Resumo

Introdução: Na UNIVILLE o Projeto de Extensão Natação na Escola: Saúde e Educação NATESC, é desenvolvido desde 2005 e dentre os objetivos a serem alcançados está formação acadêmica, a aprendizagem do nadar e o acompanhamento do crescimento e desenvolvimento físico dos escolares da rede pública de ensino de Joinville que participam das atividades. Desde o início deste acompanhamento os dados revelam um quadro de sobrepeso e obesidade entre os participantes o que exige atenção, pois a literatura mostra que a obesidade vem crescendo em populações mais jovens, tornando-se necessário incentivar a prática de atividade física. Objetivo: analisar as alterações antropométricas dos escolares participantes do projeto no período de 4 meses. Metodologia: A pesquisa foi do tipo quantitativa. A amostra foi composta por 39 meninos e 52 meninas, totalizando 91 escolares na faixa etária de 10 a 12anos. Os dados foram coletados no Laboratório de Fisiologia do Exercício LAFIEX e incluíram estatura, peso corporal e dobras cutâneas triciptal e subescapular. Para o cálculo do percentual de gordura foi utilizado o protocolo de Slaughter et al. (1988) e classificação proposta por Lohman (1987). As avaliações foram realizadas nos meses de abril e julho e os dados correspondem aos mesmos escolares nas duas avaliações. Resultados: Os dados apresentados na tabela 1 indicam um crescimento maior das meninas em relação aos meninos, o que ocorre em razão do período púbere mais cedo nas meninas. Quanto ao percentual de gordura, chama atenção a diminuição da média do peso e do percentual de gordura dos meninos e do desvio padrão do percentual de gordura para ambos os grupos. Se relacionarmos o percentual de gordura ao peso corporal podemos dizer que houve aumento da massa magra e diminuição do percentual de gordura nos dois grupos. Conclusão: Após quatro meses de prática da natação já se percebe alterações nos dados antropométricos dos escolares. Com esse resultado conclui-se que a prática da natação é um bom instrumento para o controle e/ou redução da gordura corporal, pois observou-se alterações nos dados antropométricos. Por fim, esta prática possibilita o controle da obesidade, é um instrumento de incentivo aos hábitos saudáveis para os escolares e integra ações de pesquisa e extensão na formação acadêmica.

Endereço: http://celafiscs.org.br

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.