Efeito de Um Programa Linear de Treinamento Resistido Sobre a Autonomia Funcional, a Flexibilidade, a Força e a Qualidade de Vida de Mulheres em Idade Avançada

Por: Claudio Joaquim Borba Pinheiro e Weverton Taynan Lima da Silva.

Revista Brasileira de Qualidade de Vida - v.7 - n.2 - 2015

Send to Kindle


Resumo

OBJETIVO: Verificar os efeitos de um programa de exercícios resistidos (ER) na força muscular, na flexibilidade, na autonomia funcional e na qualidade de vida (QV) de mulheres com idade avançada.

MÉTODOS: A amostra foi composta por 18 mulheres voluntárias com 58,7±5,6 anos de idade, 69±14,5 kg de massa corporal, 1,53±0,06m de estatura e 29,2±4,2 kg/m² de Índice de Massa Corporal (IMC) residentes no município de Tucuruí/PA. O treinamento foi periodizado em seis meses, divididos em três ciclos bimestrais, com intensidade progressiva de 50-70% de uma repetição máxima (1RM). A estatística foi realizada pelo teste ANOVA one way com Post-Hoc de Bonferroni para os testes de força e o teste T Student para as demais variáveis.

RESULTADOS: Os dados apontam melhoras significativas (p<0,05) do grupo para todas as medidas de força dos membros superiores e inferiores, como bíceps cross (-

Endereço: https://periodicos.utfpr.edu.br/rbqv/article/view/2890

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.